“António e Maria”, com Maria Rueff, 5 de março | AMAC

divulgação digitalMês do Teatro

A peça de teatro António e Maria sobe ao palco do Auditório Municipal Augusto Cabrita (AMAC), no dia 5 de março, pelas 21h30. Esta peça insere-se na programação do Mês do Teatro, promovida pela Câmara Municipal do Barreiro em março.

Em março, o AMAC pretende ser um palco diversificado em termos de público – cruzando públicos escolares e familiar, e um leque abrangente em termos de faixas etárias – e das diferentes abordagens entre o Drama e a Comédia.

Dentro deste ciclo de programação, o palco do AMAC apresentará os espetáculos António & Maria, com Maria Rueff (50ª produção do Teatro Meridional) e a comédia Absolutamente Fabulosos, com o elenco Luis Aleluia, Noémia Costa e Joana Figueira.

Dentro da programação do AMAC Júnior de março, decorrerá o espetáculo Os Três Mosqueteiros, pela Byfurcação Teatro.

Neste mês terá também lugar a atividade de Serviço Educativo “A Escola Vai ao AMAC”, com o espetáculo da Arteviva – Companhia de Teatro do Barreiro, 30 por 1 linha, para o público escolar, englobando alunos do 3º ano do Ensino Básico das escolas públicas do Concelho. Esta atividade é desenvolvida em parceria com a todas as Uniões de Freguesias do Concelho do Barreiro.

O programa completo do Mês do Teatro será divulgado em breve. Neste momento, estão já à venda os bilhetes, no Posto de Turismo e no AMAC, para as seguintes peças:

5 março | sábado | 21h30 | António & Maria, com Maria Rueff | Coprodução CCB  e  Teatro Meridional | AMAC

António & Maria é uma procura, uma surpresa, um monólogo múltiplo de mulheres. Um exercício, por assim dizer, de doméstico sublime. Aproveitando uma lição simples do escritor para a vida toda: «espreitar para dentro de uma bota, porque às vezes há coisas.» Mulheres e homens de diferentes extratos sociais, frágeis, fortes, pessoas ambíguas, personagens colhidas no universo literário de António Lobo Antunes, com adaptação e escrita para cena de Rui Cardoso Martins. Nesta 50.ª produção, o Teatro Meridional prossegue o objetivo de criação de novas dramaturgias baseadas em adaptações de textos não teatrais, colocando uma vez mais o ator no centro da cena. Maria Rueff, atriz cuja versatilidade no entendimento e na capacidade de concretizar através da construção de personagens a ampla diversidade humana, será o corpo, a sensibilidade e a voz que interpelará, em cena, o mundo.

Faixa Etária – M/16

Duração – aprox. 70 min s/ intervalo

Ingressos: Plateia: 12,50€ | Frisas;10,00€

FICHA TÉCNICA

Autor: António Lobo Antunes | Dramaturgia e Adaptação: Rui Cardoso Martins | Encenação e Desenho de Luz: Miguel Seabra | Interpretação: Maria Rueff | Espaço Cénico e Figurinos : Marta Carreiras | Música Original e Espaço Sonoro: Rui Rebelo | Assistência de Encenação e Direção de Cena: Vítor Alves da Silva | Assistência de Cenografia: Marco Fonseca | Operação Técnica: Rafael Freire | Produção Executiva: Natália Alves | Assessoria de Gestão: Mónica Almeida | Direção Artística do Teatro Meridional: Miguel Seabra e Natália Luiza

24 março | quinta-feira | 21h30 | Absolutamente Fabulosos | AMAC

Duas actrizes que no auge das carreiras ficam desempregadas de repente. Um agente artístico que não percebe nada disto porque era vendedor de seguros antigamente. E um velho criado, sempre muito engomado e tão educado que até é mal-empregado trabalhar para esta gente.

Absolutamente Fabulosos, uma alta comédia que fala da vida dos atores e mostra aos espetadores que nem tudo são rosas mas que o importante é não desistir, porque a seguir a tempos nebulosos, hão-de vir outros, que farão sorrir por serem… “Absolutamente Fabulosos”

Faixa Etária – M/12

Duração: 105 min.

Ingressos: Plateia: 12,50€ | Frisas;10,00€

FICHA TÉCNICA

Elenco Luis Aleluia, Noémia Costa e Joana Figueira Texto: Roberto Pereira (baseado numa ideia original de Noémia Costa) Produção: Cartaz – Produção de Espetáculos | Direcção de projecto: Luis Aleluia

12 março | sábado | 16h00 |  Os Três Mosqueteiros – Byfurcação Teatro | AMAC | TEATRO INFANTIL

No início do século XVII, em plena França, D’Artagnan, depois de ouvir os conselhos do seu pai, parte em direção à Paris iluminada como objetivo de encontrar o Sr. de Trévilllee entrar para a guarda real, os mosqueteiros. Devido à sua impaciência e determinação torna-se explosivo e imprevisível, dificultando a sua admissão. No entanto, numa França assolada por guerrilhas e em latente guerra como Cardeal Richilie, D’Artagnan torna-se, com a ajuda dos outros mosqueteiros, entre os quais Porthos, Athos e Aramis, essencial na resolução destes problemas e na pacificação geral que é, afinal, possível.

Faixa Etária – M/3

Duração – 50 min.

Ingresso – 3,00 €

FICHA TÉCNICA

Encenação: Paulo Cintrão | Texto: Paulo Cintrão | Interpretação: Ana Lúcia Magalhães, Filipe Couto, João Parreira e Mário Abel | Música Original: Mário Abel/Filipe Couto | Figurinos: Flávio Tomé/ bYfurcação | Cenografia e Adereços: Flávio Tomé/ bYfurcação | Design: Alex Gozblau | Frente de Sala: Manuel Moreira | Produção: bYfurcação

Venda de ingressos:

Bilheteira AMAC – 21 206 82 30 | Horário: 3ª a domingo, das 14h00 às 20h00

Posto de Turismo – 21 206 82 87 | Horário: 3ª a sábado, das 9h30 às 13h00 e das 14h30 às 18h00

Aos fins-de-semana, e sempre que existam espetáculos agendados, a bilheteira abrirá uma hora antes dos mesmos.

FONTE: CMB

Leave a Reply

Your email address will not be published.