Moinho do Jim

Os Moinhos de Vento, estes eram 5, um deles ardeu por completo, era o maior de todos, com uma tecnologia altamente avançada e uma capacidade de farinhar largamente superior, designava-se por Moinho do Barão do Sobral e estava nos terrenos da Quinta Braamcamp.
Os 4 restantes são propriedade da Câmara Municipal do Barreiro, bem como os Moinhos de Maré Pequeno e Bramcamp. São designados por Moinhos do Jim (1827), Gigante (1852),Nascente (1852) e Poente (1852). Segundo o livro Moinhos de Portugal, que tem um capítulo dedicado ao Moinho Gigante, este será exemplar único no País.
In revista “Fundição”

Leave a Reply

Your email address will not be published.